Tratamentos Estéticos para Estrias

Tratamentos

As estrias são lesões profundas e, portanto não há como garantir a total recuperação dos tecidos iniciais da pele. Os tratamentos existentes visam melhorar o aspecto das lesões, estimulando a formação de colágeno e aumentando a elasticidade da pele.

Peelings Ácidos

Peelings ÁcidosEspecialmente o ácido retinóico, que estimula formação de colágeno, melhorando o aspecto das estrias. A concentração usual é definida pelo Dermatologista de acordo com a pele, com o uso pode haver escamação e vermelhidão local.

(*) Evitar a exposição solar e utilizar cosméticos com Filtro Solar.

a

a

Subcision®

Subcision®Esta técnica consiste na introdução de uma agulha com a ponta cortante, ao longo e por baixo das estrias, com movimentos de ida e volta. O trauma causado leva à formação de colágeno no local, que preenche a área de tecido  degenerado. Provoca equimose (mancha roxa) e hematoma (sangue), que promove a reorganização do sangue que dá origem à neoformação e colágeno.

a

a

Dermoabrasão

DermoabrasãoO uso de lixas nas estrias provoca reação semelhante aos peelings, com formação de colágeno, mas com a vantagem de uniformizar  a superfície da pele ao redor. Porém, se realizado profundamente, remove a epiderme e promove alterações de coloração irreversíveis muitas vezes sem melhorar o aspecto das estrias. A Microdermoabrasão, por ser superficial, ou o chamado “peelings de cristal” são seguros, apesar de menos eficazes.

a

a

Mesoterapia

MesoterapiaConsiste na aplicação, ao longo e sob as estrias, de substâncias que provocam uma reação no organismo estimulando a formação de colágeno nas áreas degeneradas. Vitamina C, Centella asiática e Gingko biloba são algumas das substâncias utilizadas.

a

a

Laser

LaserA aplicação provoca o fechamento dos pequenos vasos nas estrias avermelhadas e promove a formação de colágeno; como resultado tem-se a diminuição do tamanho das estrias recentes.

a

a

a

 

Princípios Ativos utilizados para atenuar estrias

 

Óleo de rosa-mosqueta

  • Óleo de rosa-mosqueta: regenera as células da pele e suaviza as estrias;
  • Extratos placentários;
  • Escina (castanheira): penetra no tecido lesado e normaliza a permeabilidade dos vasos sanguíneos, diminuindo o extravasamento de líquidos, células e substâncias da inflamação;
  • Algas marinhas;
  • Extratos nutritivos de origem marinha;
  • Complexo de ácidos graxos e aminoácidos;
  • Óleo de semente de uva ou amêndoas doces;
  • Complexo anti-elastase (enzima que degrada a proteína elastina);
  • Vitaminas A e E;
  • Agentes altamente hidratantes: uréia, PCA-Na (Agente hidratante e umectante, derivado de ácido glutâmico. Excelente hidratante para a pele, por ser um componente do NMF (Natural Moisturizing Factor). Concentração usual: 1,0-10%) e ácido láctico;
  • Substâncias emolientes: triglicérides de cadeia média, óleos ricos em ômega 3 (linhaça);
  • Substâncias que remodelam o colágeno e regeneram a pele: ácido hialurônico e alguns alfa-hidroxiácidos permitidos na gestação.

a

Confira nos próximos posts como tratar e eliminar suas estrias em casa.

a

Fonte:

www.belezain.com.br

www.wnf.com.br

www.hairbrasil.com

www.ipb.pt

http://www.estetica.pro.br/aulas/aulas_argiloterapia_no_tratamento_estrias.htm

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s